Pele lisinha e sem poros dilatados? É possível!

Poros dilatados é um problema que figura entre os principais rivais da beleza feminina e masculina. A queixa é muito comum em consultório, principalmente por ser difícil de disfarçar no dia a dia. Esses “furinhos” que surgem na pele são muito comuns nas estações mais quentes do ano – quando a transpiração ajuda a acumular ainda mais gordura entre os espaços. E também em quem já possui tendência à oleosidade.


Além disso, o envelhecimento cutâneo e a perda de firmeza da pele são outros fatores que contribuem para deixar os poros mais evidentes.

Cuidados em casa

 

Melhor do que disfarçar os poros dilatados, é prevenir seu aparecimento e sua obstrução, que pode evoluir para cravos e espinhas. Para você manter uma textura bonita na pele, sem abertura dos poros, evite alimentos gordurosos, tome bastante líquido para auxiliar na hidratação da pele e mantenha uma rotina de cuidados com o rosto. Os cuidados em casa devem começar com a boa higienização. Lave o rosto duas vezes por dia, uma de manhã e outra a noite, com sabonete para o seu tipo de pele. Se passar disso a pele pode entender que sua proteção natural foi removida e produzir ainda mais óleo para substituir o que foi retirado – é o chamado efeito rebote. Também é essencial manter a pele hidratada para evitar poros dilatados. Não se engane: pele oleosa precisa de hidratação. Nesses casos, os hidratantes devem ser específicos para o uso na face e de preferência oil-free.

Por fim, vale apostar nas formulações com filtro solar e com ativos benéficos, como os alfa hidroxiácidos e a vitamina C.

 

Com maquiagem é possível disfarçar o problema, mas você precisa ter cuidado. O excesso e o acúmulo de seus resíduos na pele pioram os poros dilatados, porque “entopem” as glândulas, aumentam a pressão nos ductos e eles ficam maiores. Quem não abre mão da maquiagem no dia a dia, deve optar pelas makes leves e usar um bom demaquilante ao chegar em casa.

 

Soluções no consultório

 

O mais indicado para quem já sofre com o problema é se consultar um dermatologista, sempre. De forma geral, o uso de ácidos tópicos, como os alfa-hidroxiácidos, o ácido glicólico e os derivados do ácido retinóico, são boas opções de tratamentos. Além disso, existem vários recursos dermatológicos para atenuar o tamanho dos poros e melhorar a textura da pele, como:

 

  • Microdermoabrasão ou Peeling Físico: remove as células mortas, desobstruindo os poros e melhorando as irregularidades da pele;

 

  • Peelings Químicos: promovem a melhora da textura dos poros dilatados, através da renovação das camadas cutâneas, do tratamento da acne e do estímulo à produção de colágeno;

 

  • Luz Intensa Pulsada e Laser Co2: agem estimulando os fibroblastos e diminuindo o diâmetro dos poros dilatados.

 

  • Laser ablativo Fracionado: atinge a pele de forma fracionada, promovendo pontos de coagulação na derme e a neocolagênese, ajudando a diminuir o diâmetro dos poros dilatados gradativamente.
LUMINA Dermatologia & Laser

últimas notícias

ficou alguma dúvida? entre em contato!

Preencha corretamente todos os seus dados e aguarde a confirmacão da sua consulta.

Novidades e promoções no seu email? Basta se cadastrar!