O Câncer de Pele

O Câncer de Pele é o tipo de câncer mais prevalente no Brasil. Segundo dados do INCA – Instituto Nacional do Câncer, esses tipos de câncer de pele correspondem a 33% de todos os tumores malignos no Brasil, sendo registrados, a cada ano, aproximadamente 180 mil novos casos. Existem 3 tipos principais de tumores da pele:

  • Carcinoma basocelular (CBC): surge nas células basais, instaladas na camada mais profunda da epiderme e é considerado o tipo de tumor mais prevalente. Tem baixa letalidade e grande chance de cura quando detectado precocemente. Se manifesta de várias formas: pequenos nódulos, brilhantes, feridas que não cicatrizam, manchas planas com ou sem descamação, etc.
  • Carcinoma espinocelular (CEC): é o segundo tipo de tumor mais prevalente, originário das células escamosas ainda dentro da epiderme. Se apresenta como feridas que não cicatrizam, manchas ásperas e por vezes avermelhadas, nódulos e ulcerações.
  • Melanoma: apesar de ser o tipo mais raro de tumor da pele, é também o mais grave de todos, com alto índice de mortalidade. Este tipo de câncer tem origem nos melanócitos, células que produzem melanina, o pigmento que dá cor à pele. O Melanoma, em geral, se apresenta como uma pinta ou sinal na pele, em tons acastanhados, que têm evolução gradual, mudando de cor, tamanho ou formato. É importante ressaltar que, quando o diagnóstico da doença é feito precocemente, as chances de cura são de mais de 90%.

 

A importância do Autoexame

 O surgimento de pintas e lesões na pele devem sempre ser bem avaliados pelo dermatologista e pelo próprio paciente, através do autoexame. Nem todas as pintas são consideradas suspeitas, você sabia?  Geralmente, as lesões que devem ser retiradas para análise são aquelas que coçam, descamam ou que sangram, que têm dificuldade de cicatrizar ou que mudam de tamanho, forma e cor ao longo do tempo.
Um dica interessante para avaliar as suas pintas e manchas é a regra ABCDE, em que elas apresentam:

-> A – Assimetrias;

-> B – Bordas irregulares;

-> C – Cores variadas;

-> D – Diâmetro maior que 6 mm;

-> E – Evolução ao longo do tempo.

Na dúvida, sempre consulte um dermatologista.

Como prevenir os tumores da pele?

-> Usar o filtro solar indicado pelo seu dermatologista diariamente. É importante lembrar de reaplicar o produto a cada 3 horas;

-> Evitar se expor ao sol nos horários de pico (das 10h às 16h) e apostar na proteção mecânica da pele, com o uso de roupas, óculos e chapéus;

-> Realizar o autoexame, observando se as suas pintas ou lesões evoluem, mudam de tamanho, cor ou formato ao longo do tempo;

-> E por fim, mas não menos importante, consultar-se com o dermatologista regularmente para um diagnóstico adequado da pele.

 

Como é o tratamento do Câncer de Pele?

Após um diagnóstico de Câncer de Pele, é importante que o paciente escute todas as orientações do dermatologista em relação às opções de tratamento disponíveis e às melhores indicações em cada caso. A retirada das lesões suspeitas da pele pode ser feita por meio de diversas técnicas da Cirurgia Dermatológica, como:

  • A Cirurgia excisional: em que se utiliza um bisturi para a retirada da lesão e de uma margem de segurança na pele;
  • A Curetagem e eletrodissecção: consiste na raspagem da lesão com cureta e com um bisturi elétrico, a fim de destruir as células cancerígenas. Geralmente se usa para lesões menores e não-melanociticas);
  • A Criocirurgia: destrói a lesão por meio do congelamento;
  • A Cirurgia a laser: remove as células tumorais através do laser de dióxido de carbono ou erbium YAG laser;
  • E a Cirurgia Micrográfica de Mohs: procedimento um pouco mais complexo, em que o tumor e a margem de segurança são retirados com uma cureta e são imediatamente analisados no microscópio.

Além da remoção cirúrgica das lesões, o tratamento do Câncer de Pele pode ser associado, em determinados casos, à radioterapia, quimioterapia e/ou imunoterapia. Somente um médico especializado pode avaliar e prescrever o tipo mais adequado de tratamento para cada paciente.

LUMINA Dermatologia & Laser

últimas notícias

ficou alguma dúvida? entre em contato!

Preencha corretamente todos os seus dados e aguarde a confirmacão da sua consulta.

Novidades e promoções no seu email? Basta se cadastrar!