Manchas de sol – Como evitar e como tratar?

As manchas ocasionadas pelo sol significam, de forma geral, uma defesa natural da pele às agressões dos raios ultravioleta. De forma simplificada, ao expor a pele ao sol, os melanócitos (responsáveis pela produção da melanina – o pigmento que protege contra raios ultravioleta) produzem melanina em excesso, acumulando pigmento em determinadas regiões da pele e provocando o seu escurecimento.

 

Como evitar o surgimento de manchas solares?

As manchas podem ocorrer somente na superfície cutânea – epiderme – ou alcançar a derme, camada mais profunda, tornando o  tratamento mais difícil. Especialmente no verão, estação em que a incidência do sol na Terra aumenta consideravelmente, é importante evitar a exposição aos raios UV e usar, obrigatoriamente, o filtro solar indicado pelo dermatologista. A proteção mecânica, com o uso de chapéu e óculos de sol, por exemplo, também é importante para prevenir as manchas.

 

É possível tratar as manchas de sol?

Sim! Quem já sofre com os sinais do fotoenvelhecimento pode apostar em tratamentos a laser para melhorar o aspecto das manchas e uniformizar o tom da pele. Na Lumina Laser existem diversas tecnologias que podem ser indicadas tratar o problema, como:

Laser Spectra

O Spectra possui uma moderna tecnologia que gera emissão de feixes de laser ultrarrápidos e de alta intensidade, permitindo o ataque super seletivo aos pigmentos em excesso da pele sem gerar calor (efeito fotoacústico). O Spectra é um aparelho versátil, que possui modos específicos de ação para tratamentos individualizados de diversas condições. Além do efeito fotoacústico utilizado para o tratamento das pigmentações, o Spectra possui efetividade no tratamento de acne inflamada, rosácea, poros abertos, micose de unha e clareamento de olheiras.

Cada tratamento demanda um número de sessões e um tempo específicos, que pode variar dependendo da demanda e da pele do paciente. De maneira geral, os procedimentos realizados pelo Spectra causam pouca dor. Pode haver leve inchaço e vermelhidão logo após o fim da sessão (efeitos transitórios), mas o paciente pode voltar às suas atividades imediatamente, já que não há período de recuperação.


Laser Profrac –

O Profrac age em todas as camadas da pele. Na derme, camada mais profunda, estimula a produção de colágeno, e na epiderme, camada superficial, propicia a uniformização do relevo e melhora da textura e da cor da pele. A aplicação do laser consiste na emissão de centenas de filetes de laser agrupados na ponteira do aparelho (como um chuveiro), formando as zonas de tratamento. Nesse processo, a área ao redor do disparo fica preservada, proporcionando maior segurança e recuperação mais rápida que aquela exigida por tratamentos convencionais (não fracionados). Com o uso do anestésico tópico uma hora antes do procedimento, o tratamento com o laser Profac é bem tolerado. Após a aplicação do laser, pode haver inchaço, vermelhidão, descamação e pontos de sangramento.

 

Laser Fraxel –

O Fraxel é um laser fracionado não-ablativo que tem a função de eliminar as células pigmentadas da epiderme (pele superficial) e penetrar profundamente na derme, com estímulo à produção de colágeno. Assim, além de tratar manchas escuras cutâneas, este laser melhora a elasticidade e qualidade da pele. O Fraxel é seguro para todos os tipos de pele e para qualquer área do corpo. Sua tecnologia fracionada – que consiste em tratar algumas áreas da pele, preservando ao redor – faz com que o tempo de recuperação diminua, se comparado aos lasers que tratam a pele toda de uma única vez, estimulando o processo natural de regeneração, para que se crie em tecido novo e sadio. O procedimento não é dolorido, mas o paciente pode sentir algum incômodo durante e após a sessão, que pode ser uma sensação de queimadura de sol leve, e vermelhidão (que pode persistir por até sete dias). Além disso, há uma leve descamação, que geralmente desaparece em dois ou três dias. Isso ocorre, pois uma nova epiderme está se desenvolvendo.

 

Luz Intensa Pulsada –

Tecnologia que emite raios de luz uniforme que geram calor nas células da derme e provocam a sua desnaturação térmica. Permite tratar todos os tipos de pele e diversas regiões do corpo. Além de tratar diversos tipos de manchas, a Luz Intensa Pulsada (LIP) auxilia, principalmente, na resolução de queixas como estrias recentes, rosáceas (doença inflamatória crônica da pele), nevo rubi, telangiectasias (vasos dilatados), hemangiomas (manchas de sangue), olheiras, poros abertos, pequenas rugas, cicatrizes de acne e na textura da pele.

LUMINA Dermatologia & Laser

últimas notícias

ficou alguma dúvida? entre em contato!

Preencha corretamente todos os seus dados e aguarde a confirmacão da sua consulta.

Novidades e promoções no seu email? Basta se cadastrar!