Fotoenvelhecimento – Como ocorre?

Com o passar dos anos, é natural que a pele perca a firmeza, o brilho e a hidratação. Mas você sabia que esse processo de envelhecimento pode se dar de maneiras diferentes entre uma pessoa e outra? Isso acontece porque além do envelhecimento intrínseco, ou seja, natural de cada organismo, fatores externos e hábitos diários também podem contribuir para acelerar a perda de jovialidade da pele.

O que é o Fotoenvelhecimento?

O chamado fotoenvelhecimento é o processo de envelhecimento cutâneo causado especificamente pela ação e danos causados pelos raios solares à pele. A exposição cumulativa ao sol, de forma inadequada e sem proteção, é responsável por acelerar a perda de firmeza e viço da pele, contribuindo ativamente para o surgimento de rugas, manchas, poros dilatados e outros sinais. Além de provocar diversas alterações estéticas na pele, a exposição aos raios UV do sol também é responsável por aumentar, consideravelmente, o risco de desenvolver cânceres de pele. Por isso, para manter a pele jovem e saudável, é fundamental protegê-la contra o sol, evitando horários de pico e utilizando corretamente o filtro solar no dia a dia.

Outros fatores externos que contribuem para o envelhecimento extrínseco da pele:

Alimentação: a alimentação está diretamente relacionada com o bom funcionamento e a beleza de todo o corpo, incluindo a pele e seus anexos. Um exemplo simples é a ingestão exagerada de açúcares, que pode prejudicar a produção de colágeno e elastina, componentes fundamentais para beleza e jovialidade cutânea.

Maus hábitos e vícios: hábitos inadequados, como tabagismo e o consumo de álcool em excesso prejudicam, e muito, a saúde e a beleza da pele. O álcool desidrata o corpo e, consequentemente, provoca a perda de hidratação natural da pele, cabelos e unhas. Já o cigarro é um dos maiores responsáveis pela destruição das fibras de colágeno do organismo, contribuindo diretamente para o envelhecimento da pele.

Sedentarismo: você sabia que praticar exercícios aumenta a oxigenação do organismo e melhora a nutrição cutânea? Por isso, deixar de praticar atividades físicas regulares pode prejudicar a sua pele. Atividades como exercícios aeróbicos e musculação estimulam a ação de antioxidantes, que combatem os radicais livres e ajudam a prevenir o envelhecimento precoce.

LUMINA Dermatologia & Laser

últimas notícias

ficou alguma dúvida? entre em contato!

Preencha corretamente todos os seus dados e aguarde a confirmacão da sua consulta.

Novidades e promoções no seu email? Basta se cadastrar!